ACUPUNTURA X ASMA

 

 

 

asma revista saúde
A Acupuntura regula o equilíbrio do organismo, melhorando a circulação sanguínea e aumentando a resistência corpórea.

Por isso, reduz ao mínimo a necessidade de medicamentos e aumenta a eficácia terapêutica, sendo uma das técnicas que pode ser associada com outras para o fortalecimento da saúde do indivíduo como um todo.

A estimulação de pontos na Acupuntura provoca a liberação, no sistema nervoso central, de neurotransmissores e outras substâncias responsáveis pelas respostas de promoção de analgesia, restauração de funções orgânicas e modulação imunitária.

Na MTC, existem duas formas de asma brônquica: Forma-Plenitude, que se deve à Plenitude do Yang do Fígado, que restringe a ação do Pulmão, manifestando-se pela tosse, sibilos e dispnéia, e Forma-Vazio, que se relaciona com a deficiência do Rim.

A asma é causada pela fraqueza do Baço/Pâncreas e do Estômago, embora os alimentos salgados e gordurosos também possam provocar o acúmulo de mucosidade no Pulmão.

Além disso, o Vento-Frio patogênico exógeno, os alérgenos, excesso de trabalho, cansaço e hiperatividade mental constituem também as causas que incitam o acúmulo de Qi provocando a disfunção de subida e descida no Pulmão.

A asma apresenta padrões do tipo Shi (excesso) e tipo Xu (deficiência). O tipo Shi apresenta-se com síndromes de estagnação de Qi, abundância de expectoração e obstrução na circulação de Qi. O tipo Xu manifesta-se em síndromes ao se repetir a crise, consumindo o Yin do Pulmão e posteriormente lesando o Baço/Pâncreas e Rim, por isso observa-se a ocorrência das síndromes Xu durante o intervalo entre dois ataques de asma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *