ACUPUNTURA X TDAH

TDAH

 

Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e freqüentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida.

Caracteriza-se pela tríade sintomatológica de desatenção, hiperatividade e impulsividade, causando prejuízos a si mesmo e aos outros em pelo menos dois contextos diferentes, durante seu crescimento familiar ou no período escolar/trabalho

De acordo com a MTC a energia vital (Chi ou Qi) se manifesta sob dois aspectos principais: Yang e Yin. A energia Yang produz calor, expansão, ascensão e o aumento das atividades. A energia Yin produz frio, isolamento, declínio, repouso e diminui as atividades. Representam polaridades energéticas e devem estar com seu fluxo em equilíbrio.

Transtorno do Défici de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um comprometimento neuro-comportamental com início cedo, durante o período da infância, fase escolar, evoluindo para um estado crônico e costuma seguir um padrão de desenvolvimento durante toda a vida do indivíduo. 

Apesar de os índices de prevalência para o TDAH variarem em razão das diferenças entre os gêneros e em relação à fonte responsável pelo encaminhamento da criança, estimativas recentes apontam para índices entre 2 e 5% para crianças e entre 2 e 4% para adultos. Em adultos, a persistência do quadro ocorre numa parcela de pelo menos 40% daqueles que preenchiam os critérios para o transtorno na sua infância.

O excesso de energia Chi manifesta-se na forma de dor, tensão, calor, ansiedade, azia, insônia, hipertensão, etc. A falta de energia Chi provoca a sensação de frio, pressão baixa, falta de apetite, sonolência, depressão, fraqueza, etc.

Apesar da energia Qi ser única, podemos classificá-la em 3 tipos, segundo suas funções:
*A energia ancestral ou Yuan Qi, nasce da união do óvulo com o espermatozoide e traz o código genético para cada ser. Ela decresce durante a vida e seu esgotamento é responsável pela morte não acidental.
*Yuan Qi se encontra principalmente na região inferior do abdômen, estando presente também em todas as células do corpo. A energia ancestral, após o nascimento, ainda precisa ser completada pelo Qi da nutrição.
*A energia da alimentação ou Yong Qi é a energia proveniente do ar (Yeung Chi) e dos alimentos (Kou Chi). A energia defensiva ou Wei Chi é responsável pela proteção e defesa do organismo, ou seja, imunidade.

O Triplo Aquecedor (T.A) ou Triplo Reaquecedor (T.R.) é conhecido também como três forneiros, três queimadores e três sedes de energia. Quanto ao T.A, devemos entender uma 3 função tripla que inclui o sistema respiratório, digestivo e gênito-urinário.

O T.A. tem por função manter a vida pela integração ao corpo humano da energia absorvida do ar e dos alimentos. O Yuan Qi passa pelo T.A e em cada nível (superior, médio e inferior), atravessa as vísceras (Zang Fú), provocando atividade funcional de cada uma delas. Desse modo, permite a digestão, a assimilação, a distribuição e a excreção das águas e dos alimentos.

Cada estação do ano tem uma energia própria que lhe caracteriza e age predominantemente em cada uma das funções. No verão, o calor e a umidade, no outono a secura, no inverno o frio, na primavera o vento.
Sendo normais em suas estações, estas energias são ditas “perversas” quando se manifestam em outra estação, porque afetam de maneira negativa as funções orgânicas. Havendo o desequilíbrio das energias defensivas ocorrem os fenômenos Yang (excesso) quando atuam além da estação e fenômenos Yin (insuficiência) quando aparecem atrasadas.

A acupuntura beneficia gradativamente o paciente porque atinge a causa da patologia, não se trata somente sinais e sintomas, mas promove o reequilíbrio orgânico e energético de cada um, por isso a filosofia da acupuntura não é apenas uma cura milagrosa em uma sessão, mas, a cada sessão, pois se acredita que um organismo equilibra o outro. A Medicina Chinesa se baseia em conceitos Taoista energéticos, os quais enfocam o indivíduo como um todo e como parte integrante do universo.

Iremos estimular os pontos B15 (Xinshu), C7 (Shenmen), B20 (Pishu), BP3 (Taibai), BP6 (Sanyinjiao), E36 (Zusanli), VC12 (Zhongwan), VG20 (Baihui) 

Hiperatividade do Fogo devido a Deficiência do Yin : Iremos notar: insônia, inquietude, facilidade de acordar após curto período de sono. Sinais associados: sensação de calor nos 5 centros, transpiração noturna, boca e garganta secas, zumbido, tontura, emissão seminal, dor e/ou frqueza na região lombar e joelhos. Iremos estimular: B23 (Shenshu), R3 (Taixi), R10 (Yingu), BP6 (Sanyinjiao), C7 (Shenmen), Anmian, C6 (Yinxi)

 Ascensão do Fogo Excessivo do Fígado : Manifestações principais: Insônia, tontura, dores de cabeça, excesso de sonhos. Sinais associados: irritabilidade, facilidade de ficar com medo, vermelhidão ocular, zumbido, gosto amargo na boca, dor na região dos hipocôndrios. Estimular pontos: F2 (Xingjian), F3 (Taichong), B18 (Ganshu), B19 (Danshu), VB34 (Yanglingquan), PC7 (Daling), VB44 (Zuqiaoyin)                                 Desordem do Qi do Estômago : Manifestações principais: insônia, inquietude. Sinais associados: sensação de plenitude epigástrica, distensão abdominal, eructação, refluxo, tontura, vômito com Mucosidade. Pontos estimulados: VC12 (Zhongwan), E36 (Zusanli), E40 (Fenglong), PC6 (Neiguan), E25 (Tianshu), C7 (Shenmen), VC13 (Shangwan).      Deficiência do Coração e da Vesícula Biliar : Manifestações principais: insônia, excesso de sonhos, possíveis pesadelos. Sinais associados: timidez, indecisão, facilidade de ficar assustado, tontura. B15 (Xinshu), C7 (Shenmen), VC14 (Juque), VC17 (Danzhong), C5 (Tongli), BP6 (Sanyinjiao), B19 (Danshu), VB15 (Toulinqi).                                           Fogo Exuberante do Coração : Manifestações principais: insônia, ansiedade. Sinais associados: agitação, vermelhidão facial, aumento da sede, urina escassa e escura. Pontos estimulados: B15 (Xinshu), C7 (Shenmen), VC14 (Juque), PC6 (Neiguan), PC9 (Shaochong), PC8 (Laogong).                                                                                                   Pelo exame do pulso, constatamos toda perturbação do equilíbrio energético do indivíduo, o que lhe permite aplicar uma terapêutica eficaz que consiste em restabelecer o equilíbrio, trazendo ao organismo o elemento deficiente ou fazendo-o eliminar o excesso. Os pulsos estão situados sobre a artéria radial, de ambos os lados, ao nível da apófise do rádio.

 A acupuntura beneficia gradativamente o paciente porque atinge a causa da patologia, não se trata somente sinais e sintomas, mas promove o reequilíbrio orgânico e energético de cada um, por isso a filosofia da acupuntura não é apenas uma cura milagrosa em uma sessão, mas, a cada sessão, pois se acredita que um organismo equilibra o outro. 

Para ela, o indivíduo é constituído por um conjunto de energias, provenientes do céu e da terra, que fluem por todo do corpo e que devem estar em constante equilíbrio, quando isso não ocorre, temos então a manifestação de patologias. Deve haver um acompanhamento do progresso da terapia, através da família e da escola.                               Além do tratamento medicamentoso, uma psicoterapia deve ser mantida, na maioria dos casos, pela necessidade de atenção à criança (ou adulto) devido à mudança de comportamento que deve ocorrer com a melhora dos sintomas, por causa do aconselhamento que se deve fazer aos pais e para tratamento de qualquer problema específico do desenvolvimento que possa estar associado.

#acupuntura #medicinatradicionalchinesa #centrodeacupunturariodasostras#riodasostras #tdah #ligaacademica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *